logo
Sign Up
.

Busca seu próximo destino

Montevidéu, a cidade com uma livraria em cada esquina

Montevidéu é uma das cidades com maior número de livrarias per capita do mundo. Embora não haja um número exato, e estão continuamente abrindo e fechando novas firmas, segundo Álvaro Risso, Presidente da Câmara Uruguaia do Livro: "pode-se afirmar com certeza que existem mais de 60 livrarias ativas na cidade, um número mais do que considerável se você levar em conta que somos apenas um milhão e meio de habitantes.


Livraria Más Puro Verso na Cidade Velha durante a Noite das Livrarias 2018

De bairros, de livros raros, de primeiras edições especializadas, de antiguidades, de prédios históricos, em pequenas lojas de bairro, com cantos gastronômicos ou artísticos e até mesmo com grandes jardins onde você pode tomar um café e mergulhar em uma boa leitura, a diversidade é a marca registrada das livrarias de Montevidéu que, sem buscá-lo, tornaram-se uma grande atração turística admirada por aqueles que descobrem a cidade e encontram esses tesouros que não esperavam encontrar.


Livraria Moebius na Cidade Velha durante A Noite das Livrarias 2018

O que permite que as livrarias antigas se conservem ao longo do tempo e que as novas, com diferentes perfis, atraiam novos públicos?

A resposta segundo Risso é simples: "No Uruguai, há uma forte tradição de leitura e escrita, e isso é refletido nos pontos de venda dedicados à atividade". Assim sendo, em 2017, o Uruguai foi o país da América Latina que mais publicou títulos por habitante, segundo o Centro Regional de Promoção de Livros da América Latina e do Caribe da UNESCO.

Com o intuito de tornar conhecida essa singularidade uruguaia, em 2017 foi criada a Noite das Livrarias, uma iniciativa conjunta do Centro Cultural da Espanha e do setor de livreiros que teve uma aceitação instantânea do público de Montevidéu.

É uma noite, estipulada de conformidade, em que as livrarias permanecem abertas simultaneamente à meia-noite, a segunda sexta-feira de novembro, oferecendo diferentes atividades para incentivar o público a consumir literatura com promoções especiais e ambientes acolhedores.

Em Escaramuza, uma singular livraria localizada no Bairro de Cordón, um dos bairros mais efervescentes em termos de propostas gastronômicas e encontros com um perfil universitário, não entrava mais ninguém durante a Noite das Livrarias.

Seu Diretor, Alejandro Lagazeta, atribui o sucesso de seu empreendimento, iniciado em maio de 2016, ao seu compromisso de promover novas experiências culturais em torno dos livros.
"Acho que uma das principais características que as livrarias contemporâneas devem ter é uma grande capacidade de propor atividades vinculantes com os livros. Não importam quais sejam as dimensões, elas têm que ter capacidade de gerar atividades, workshops e palestras, ser capazes de dar novas experiências culturais", diz ele. 



Cozinha Livraria Escaramuza em Palermo.

Em Escaramuza, os livros misturam-se com um maravilhoso bolo de cenoura, uma xícara de chá e um toque de jazz, gerando um resultado certamente memorável.

Mas como este, em Montevidéu, as experiências culturais em torno das livrarias estão em praticamente cada esquina. Com certeza, você encontrará uma que combine com você.

DIEZ LIBRERÍAS QUE DEBERÍAS CONOCER EN TU PRÓXIMA RECORRIDA POR MONTEVIDEO

View all
Cultura y Patrimonio
Museus
Outros