logo
Sign Up
.

Busca seu próximo destino

Cultura e Patrimônio

Contemplar exemplares de estilo artdecó, descifrar o candombe, entregar-se às particulariedades do tango uruguaio ou descobrir por que alguns cantos uruguaios mereceram a distinção da Unesco, são só algumas das alternativas do turismo cultural e patrimonial que podem ser aproveitadas no Uruguai.
Como apresentação poderia se dizer que as tradições crioulas, os antepassados indígenas, as heranças afrouruguaias e a importação de costumes de imigrantes européus fazem das expressões culturais uruguaias um patrimônio tão rico como diverso.
O tango é reconhecido como um dos maiores aportes culturais da Regi
ão do Prata para o mundo. Abrange ao mesmo tempo a dança, a música, o canto e a poesia. Em setembro de 2009 foi tombado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, pela Unesco.
O carnaval uruguaio, sem dúvidas é outro dos rasgos da cultura local que merece atenç
ão dos visitantes. É o mais longo do mundo e possui uma colorida gama de desfiles e espetáculos que começam a fins de janeiro e continuam até meados de março.
O Candombe faz parte dessa grande festa e é uma das express
ões mais populares dos uruguaios. Suas raízes provêm da chegada dos escravos africanos durante a época colonial em Montevidéu. Em 2009, junto ao tango, também foi reconhecido como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco.
O teatro uruguaio é um dos mais importantes na Latinoamérica. Com mais de 70 salas operativas, a oferta é muito grande e variada com espetáculos clássicos e modernos para os gostos mais diversos.
O Uruguai também oferece uma ampla oferta de museus e centros culturais, onde é possível apreciar a obra de artistas nacionais como Juan Manuel Blanes, Rafael Barradas, Pedro Figari, Joaquín Torres García e José Cúneo, entre outros.
Em nível arquitetônico o Uruguai conserva exemplos únicos dos estilos art nouveau e art decó, que dificilmente se encontram em outras partes do mundo. Outra marca de identidade própria nessa matéria s
ão as célebres criações de cerâmica armada e ticholo, do engenheiro Eladio Dieste, que têm suscitado o interesse de arquitetos de todas partes do mundo.
Por sua vez, o Uruguai possui dois lugares tombados Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. De um lado, o bairro histórico de Colônia do Sacramento que foi reconhecido desde 1995 por sua singular fus
ão dos estilos português, espanhol e pós-colonial. Do outro, o ex-frigorífico Anglo de Fray Bentos, que ingressou na privilegiada lista em meados de 2015, como um ejemplo excepcional da evolução da estrutura social e econômica dos séculos XIX e XX na região.
Em definitiva, a oferta cultural e patrimonial uruguaia é ampla e em qualquer momento do ano resulta ideal descubri-la.