logo
Sign Up
.

Busca seu próximo destino

Rocha

Natureza diversificada em estado puro

Cento e oitenta quilômetros de costa, mar oceânico, finas areias, povoados de pescadores, extensos palmares de butiá, antigas edificações coloniais e mais de 200 mil hectares de pantanais que foram tombados como Reserva da Biosfera pela Unesco; a lista de razões para visitar Rocha é inesgotável. Por toda parte de sua superfície há as mais variadas paisagens com transições bruscas e contrastes que nunca deixam lugar à monotonia. Paisagens serranas, costas planas, abruptos barrancos e pontas rochosas, tudo converge neste destino que resulta ideal para quem desfruta dos entornos naturais e do turismo de avistamento. Uma enorme variação de espécies pode ser vista em qualquer época do ano em lagoas, pantanais e rios. Por sua vez, a costa atlântica é visitada pela baleia franca e mais ocasionalmente por orcas e golfinhos. Um passeio amplamente recomendável, principalmente, entre novembro e fevereiro é a rota turística do arroz, que supõe a visita de várias localidades do interior do departamento como Velázquez, Lascano, Plata Averías e Cebollatí. Nela produção e natureza se conjugam para brindarem ao visitante ofertas turísticas diferentes que o permitem participar dos costumes e atividades das pessoas do lugar. Em matéria de balneários, as alternativas também são variadas e vão de Punta del Diablo um tradicional povoado de pescadores em crescimiento, La Paloma, o mais sofisticado dos balneários rochenses até Cabo Polônio, um pequeno canto do atlântico rodeado de centenares de lobos marinhos, onde só é possível aceder através de veículos especiais que atravessem suas grandes dunas. Assim, o mítico Polônio conserva uma inigualável auréola de paz e de intensa natureza que é admirada por turistas do mundo todo.